Histórias que se apagam...

ao se olhar no espelho, você enxerga a própria história? | foto: pixabay


Me olho no espelho
E procuro algo encarando o fundo dos meus próprios olhos
Que parecem sem vida
E à procura da própria história

Pergunto: quais foram as minhas marcas apagadas?
E porque agora vivo tentando achar algo conhecido,
Algo para chamar de meu novamente.
Me encontrar, me amar...

Mas minhas marcas passadas parecem apagadas
Fortemente, violentamente, silenciosamente
Apagadas...