Ressignificar

| foto: pixabay
A mensagem é clara, objetiva, mas permite devaneios: ressignificar.

Essa pode ser uma das chaves para a felicidade, já que nos processos de ressignificação, há oportunidade em pôr fim nas dores e frustrações.

Ressignificar é também uma forma de acomodar bem o passado, de lidar bem com as mudanças da vida, sobretudo nos relacionamentos inférteis. Ressignificar a própria história permite criar uma nova narrativa.

Novas narrativas implicam necessariamente em pensar sob um ponto de vista diferente do anterior. É a chance para realocar e findar vínculos com amigos, parceiros, carreira profissional e modificar o olhar diante do próprio corpo. Numa nova narrativa, você pode, por exemplo, escolher se amar um pouco mais.

Longe de indicar passividade ou perda na crença de sonhos, os processos de ressignificação são a chave para o aprendizado. Ele é o truque valioso para lidar com o imprevisto. Improvisar significa reagir e uma vida de reações é uma vida bem vivida, ativa, com histórias dignas de serem lembradas.

 

MAIS DE ÓTICA COTIDIANA