Armadilhas silenciosas



O começo vem acompanhado de armadilhas silenciosas
Exige apenas o experimento, apoiado no presente
Pouco lembra do passado, pois tudo tem forma de continuidade
O imprevisto ainda é onipresente, mas preocupações são anestesiadas

O fim exige o preparo, o equilíbrio, a contenção de sentimentos
Exige o esforço da reflexão, o racional e imparcial
Se materializa pelo passado, modificando o presente,
Ao passo que obriga a repensar o futuro

Armadilhas silenciosas,
Que deveriam vir acompanhadas de um aviso:
Antes de qualquer começo,
É necessário preparo e equilíbrio para o fim 






Foto: Reprodução

Comentários

Gillian Caetano disse…
O fim é a certeza que ninguém quer acreditar.
Vinicius disse…
Sim, por isso tantas manobras e disfarces.

EM ALTA