Diversidade





Valorize a sua diferença

Imagine como seria o mundo se todos usassem as mesmas roupas, corte de cabelo e estilo. Se todas as pessoas pensassem e agissem da mesma maneira. Se todos frequentassem os mesmos lugares e vissem os mesmos programas. Tudo bem que isso possa acontecer em certas medidas, há muitas pessoas que veneram as mesmas coisas, mas não existe totalidade. Se fossemos seguir padrões ao pé da letra, certamente não conheceríamos o novo e o diverso.
A informação e o reconhecimento de diversidades nos distanciam de uma lógica de exclusão e do preconceito. À medida que se têm informações e se reflete sobre elas, abre-se um universo de possibilidades em descobrir e redescobrir o novo. Porém, esse novo pode ser convertido em medo, que por sua vez pode levar ao preconceito.  
Tratar do preconceito vai além das discussões dos padrões de etnias, já que atinge todo um globo de singularidades. E a melhor maneira de lidar com este globo é pautando-se no respeito. Todos os atores sociais possuem o seu valor. Se não reconhecermos a importância delas, acabaremos com a nossa própria beleza e singularidade.  
O desafio para uma humanidade, que constrói máquinas capazes de tudo, é extinguir o preconceito.  Não valorizar a diversidade, significa destruir a espontaneidade da humanidade. E ao destruir o espírito amplo da humanidade, estamos também destruindo a nós mesmos.



Comentários

Fernada Bagordakis (nanda.fer.14@hotmail.com) disse…
Em: 12/07/2008 03:24:07

adorei mesmo

EM ALTA