Amigos de Internet


Quantas vezes vemos (ou esperamos) àquela janelinha de aprovação ou rejeição quando entramos em qualquer rede social ou mensageiro...



“Você tem uma nova solicitação de amigos, deseja aprovar?”. Amigos de Internet, em alguns casos, são como essas bandas que surgem do nada. Surgem, estouram e depois desaparecem da mesma forma que apareceram. Àquele amigo que você tanto confia, compartilha e passa a gostar e tê-lo como alguém especial, do nada some, sem nem dizer o porquê. Ou ainda, a amizade vai esfriando, esfriando, até chegar ao ponto em que àqueles dias, meses e anos parecem que nunca existiram e que só são dois estranhos separados por bits.
Por outro lado, há casos em que você tem a pessoa por um bom tempo em uma de suas listas e ela, até então, se comportava como só mais um. Repentinamente, se inicia uma amizade mais forte e divertida, cujo destino não se sabe. Esfriar, acabar ou durar para sempre? Uma incógnita.
Relacionamentos -- amorosos ou fraternais -- na plataforma da Internet, parecem mais dinâmicos e imprevisíveis do que os que temos no universo off-line. Haja vista que depositamos determinados sentimentos, que não temos ideia de como estão sendo correspondidos. A questão fica mais robusta ainda quando se trata de perfis falsos. Quantas pessoas não se apaixonam por personalidades que nunca existiram no mundo off-line?
Evidentemente que isto tudo não se restringe apenas ao âmbito da Internet. No convívio interpessoal, do mundo off-line, acabamos contando com outros artifícios. Como a índole, o olhar e a própria maneira que se relacionam, quando estão próximos ou não. Enfim, você pode desconfiar o quão alguém acha você especial por você ser quase sempre honesto, contudo, raramente ou só de poucos você irá descobrir a verdade. O bacana é que a vida em si arruma isso para você. Se alguém te faz mal, ela vai te afastar ou avisar de algum jeito e em algum momento, pois não faltarão indícios.
Aos que tem correspondência nos relacionamentos via internet ou não, sintam-se privilegiados e alimentem o que sempre te fez bem. Só tenha em mente que o descarte que você faz, provavelmente não é o mesmo que você quer receber.


Comentários

  1. Em: 25/10/2008 00:57:30

    Oi Vinny!!!!!!!
    Seu blog ta lindo!!!
    Parabéns pelo textoo...o que vc disse realmente acontece!!!
    :)
    bjoOo
    ahhh e continue escrevendoo...rs
    deixe de preguiça viu....horario de verao...nada disso!!!
    :)

    ResponderExcluir
  2. Em: 26/10/2008 23:46:09

    meu primo é quase o Nietzsche

    ResponderExcluir
  3. Em: 28/10/2008 19:01:21

    Muuuito bom o texto Bitch !

    vc deveria ser jornalista.
    rs

    xoxo

    ResponderExcluir
  4. Em: 29/10/2008 04:24:31

    Poizé as férias estão chegando, mta curtição e tal e mta coisa nova pro ano que vem, isso que me anima, adoro surpresas, sempre!
    Como sempre, um ótimo post!

    ResponderExcluir
  5. Em: 18/11/2008 19:33:01

    Oi, Vinicius, que blog bonito!

    Também adoro Amy Winehouse e todos os autores que você citou.

    Fazia tempo que eu não lia um blog tão "blog", com o real propósito de ser um diário virtual e não um compêndio de humor, crônicas ou outros assuntos.

    Sucesso no blog e na vida! E seja sempre bem-vindo ao Blog do Barzinho! Obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  6. Em: 22/01/2009 19:03:34

    isso ai vi...nem tudo os outros precisam saber ;D

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Bem-vindo a Ótica Cotidiana!
Obrigado pela visita e leitura do texto.


Participe deixando a sua opinião, comentário ou questionamento sobre o texto.

NOTAS :

- Não serão tolerados qualquer mensagem contendo conteúdo ofensivo ou de spam.
- Os comentários são de plena responsabilidade dos seus autores, ainda que moderados pela administração do site.
- Os comentários não representam a opinião do autor ou do site.

MAIS DE ÓTICA COTIDIANA