Todos os dias

| foto: pixabay

Quando tentei lhe roubar um sorriso,
Havia lágrimas em você e elas eram como um espelho estilhaçado
Você parecia frágil e em pânico por ser quem é
E eu temia que, a qualquer momento, desabasse rumo à solidão

Mas pelas minhas tentativas de aproximação,
Conquistei um sorriso, dois, três
Você se tornou o abrigo para os meus sonhos
E juntos caminhávamos atrás deles todos os dias

E o que podíamos esperar,
Enquanto o infinito transbordava em nós?
Como um porto seguro para a nossa felicidade,
Nós caminhávamos juntos todos os dias

Me tornei a razão do seu sorriso
E você do meu amor
Depois de tantas tentativas sem rumo,
É chegada a hora de abraçar ao que tanto sonhávamos

E você era o meu sonho
Antes mesmo de te conhecer
Como um porto seguro, todos os dias
Nós caminhávamos juntos

Outra vez estamos aqui
E os seus olhos brilham como nem você vislumbrou
Tinha medo de ser para você como àquele espelho estilhaçado
Mas estávamos seguros e seguíamos rumo a infinidade

Nós nos abraçávamos todos os dias
Nós caminhávamos juntos todos os dias
Todos os dias

 

Comentários

  1. Lindo e sensível
    Gratidão por nós presentear com esse texto

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Bem-vindo a Ótica Cotidiana!
Obrigado pela visita e leitura do texto.


Participe deixando a sua opinião, comentário ou questionamento sobre o texto.

NOTAS :

- Não serão tolerados qualquer mensagem contendo conteúdo ofensivo ou de spam.
- Os comentários são de plena responsabilidade dos seus autores, ainda que moderados pela administração do site.
- Os comentários não representam a opinião do autor ou do site.

MAIS DE ÓTICA COTIDIANA