5 filmes de ficção para comemorar o Orgulho Geek

2001: Uma Odisseia no Espaço | foto: reprodução


Comemorado mundialmente no dia 25 de maio, o dia do Orgulho Nerd surgiu em 2006 e, desde então, vem sendo celebrado em diversos locais do mundo. A internet, por sua vez, não deixa a data passar em branco. 

2001 - Uma Odisseia no Espaço
O filme de Stanley Kubrick, lançado em 1968, é um dos marcos nos filmes de ficção científica. Desde o lançamento, as produções da década seguinte foram fortemente influenciadas ao tratar da exploração do universo. A trama aborda a evolução humana, tecnologia, inteligência artificial e a vida extraterrestre. São quase três horas com direito a imagens e efeitos visuais futuristas que, apesar da data, superam inúmeros do mesmo gênero atualmente.

Star Trek
A franquia Star Trek originou da série de televisão que estreou em 1966. A produção logo se tornou um dos ícones da cultura geek, mas apenas em 1979 saiu o primeiro filme intitulado como Star Trek: The Motion Picture. Abordo da nave Enterprise, a tripulação liderada por James Kirk explora planetas e resolve os dilemas entre os mundos. No total são 13 filmes na franquia, sendo seis com a tripulação original, cujos personagens também vieram da série de TV que antecedeu. O último filme da tripulação de Kirk foi batizado como Jornada nas Estrelas VI: A Terra Desconhecida (1991).

Star Wars
Sucesso mundial criado pelo diretor estadunidense George Lucas, Star Wars é um dos maiores símbolos da cultura geek – inclusive o filme faz aniversário nesta data. A trilogia original, cujo primeiro filme foi lançado em 1977, traz a luta da Aliança Rebelde para derrubar o Império Galáctico. Em paralelo, se desenvolve a história do cavaleiro Jedi, Luke Skywalker. Atualmente há oito filmes e um spin-off. O próximo episódio deve ser lançado ainda em 2017, batizado como: Star Wars Episódio VIII: Os Últimos Jedi.

Laranja Mecânica
Também do renomado Stanley Kubrick, lançado em 1971, o filme aborda uma Inglaterra futurista em que Alex, protagonista da trama, é submetido a um tipo de condenação distinta das empregadas habitualmente. Ele é condenado a abominar a violência. A vida do carismático Alex é explorada em meio ao contexto das experiências de tratamentos psiquiátricos, das gangues de jovens e delinquência juvenil, além das questões sociais, políticas e econômicas da Grã-Bretanha.

Matrix
A trilogia Matrix é uma das ficções científicas que mais dão nós na cabeça do espectador. A história trata de um sistema de computadores futuristas capaz de criar na humanidade a sensação de que a programação é de fato a vida real. O primeiro filme foi lançado em 1999, próximo do início do novo milênio. O enredo traz Neo, protagonista, que inicialmente tem sonhos estranhos que dificultam ele perceber o que é realidade ou ficção. No avançar da história, ele descobre que um sistema inteligente e artificial manipula a mente de todos, enquanto os corpos são usados para produção de energia.

Bônus:
A origem
Do diretor Christopher Nolan e um dos mais comentados filmes de 2010, ano de estreia, é mais uma trama que mistura ficção com realidade. A obra tem roteiro original e diálogos interessantes. É um tipo de filme para quem curte o gênero de ficção e que não espera previsibilidade. Vale pegar a pipoca e se concentrar no enredo.


MAIS DE ÓTICA COTIDIANA