Reflexões cotidianas: Novos ares




Sabe quando você coloca as coisas na balança e percebe que há um desequilíbrio? Percebe que isso incomoda tanto porque é acompanhado de um sentimento de culpa? Isso tudo parece extravasar no momento menos propício ao nosso equilíbrio cotidiano.

Você parece buscar algum caminho que permita suportar o momento, ao mesmo tempo resolver as pendências. Um sentimento de que pegar a estrada e explorar parece à salvação. No entanto, às vezes, fugir pelos ares não resolverá nenhum problema. Você apenas irá adiá-los. Assim, voe pelos ares, encontre soluções para o desequilíbrio. Em terra firme, oriente-se para resolver. Quando tudo estiver encaminhado, esteja pronto para respirar os novos ares.


Comentários

MAIS DE ÓTICA COTIDIANA