Fase & fases (2009 vem aí!)




Quantas vezes achamos que tudo irá acabar em definitivo? Que não vamos suportar o que está acontecendo num dado momento, que a vida ou Deus está sendo injusto? O céu parece desabar em nossas cabeças, ficamos com raiva, não entendemos com clareza. Somos dominados por um sentimento de querer algo, se possível, na mesma da hora.
Dificilmente paramos para pensar e refletir no porquê dos acontecimentos e se isso de alguma forma nos prejudicaria. Olhando por outros lados, será que na verdade esta é uma ação de algo maior do que nós mesmos? Uma espécie de proteção explicitada como um rompimento. Tudo bem se ficarmos chateados quando terminarmos um relacionamento, quando perdermos uma oportunidade ou mesmo quando um fato que consideraríamos naturalmente positivo, simplesmente não acontecer.

Quando alguém nos fala que o tempo faz milagre e que ele cuidará de por tudo no seu devido lugar, inclusive os sentimentos, tudo pode soar em nossos ouvidos como algo ofensivo. Desprezamos e ficamos até com raiva de quem nos tenta consolar. Não ouvimos quase ninguém, apenas queremos que passe e logo. A dor é aparentemente -- porque suportamos no final -- insuportável quando tudo não acontece do jeito que estaríamos prontos e então parecemos frágeis e tristonhos.
Depois que paramos, respiramos, ouvimos a nossa voz interior e o tempo passa, tudo vai mudando. Percebemos que o que foi vivido precisava ser. Tiramos conclusões, lições e crescemos. Nos sentimos agradecidos quando descobrimos que escapamos de um grande problema.
Este é o ciclo natural da vida, somos fortes o bastante e superamos vários desafios que aparecem durante a vida. Às vezes achamos que não somos e que não vamos aguentar tantos problemas e dores de uma só vez, mas a vida trata de nos mostrar que é possível sim. Não temos escolha. Mas o primeiro passo de transformação tem de ser o nosso.
Após a turbulência, tudo vai se encaixando e dando origem ao novo. O novo assusta, porque ele é desconhecido. Enfim, podemos superar tudo que achamos que não iríamos conseguir, mas para tal, é preciso acreditar que é possível. Podemos superar tudo, principalmente a ideia de que somos fracos.

MENSAGEM DE FINAL DE ANO:

Leve a força que acumulou nestes anos e que talvez não perceba para os próximos anos, provavelmente iremos precisar. O ano de 2008 está se despedindo, foi um bom ano. Aprendi.
Espero que 2009 seja próspero para todos. Que nossos sonhos se tornem realidade. 

Comentários

MAIS DE ÓTICA COTIDIANA