Reflexões cotidianas: o egoísmo






Me inquieta notar o quão as pessoas estão cada vez mais egoístas. Costumo dizer que o egoísmo é um dos cânceres do século. É assustador perceber que muitos são completamente indiferentes ao outro. Nem sequer se envergonham de pensar ou dizer “não sendo comigo, está ótimo”.
Do outro extremo, é inacreditável que poucos tenham muito e muitos continuem morrendo de desnutrição, fome ou por doenças - que já possuem cura. Inquieto-me diante de tanta indiferença e naturalidade com que as pessoas encaram estas e outras questões que envolvem todo o mundo.
Fazer as coisas sem esperar um retorno financeiro, parece um grande desafio para muitos. Me pergunto vendo tantas coisas absurdas, tantos comportamentos contraditórios sendo reforçados a todo instante, quando as pessoas vão voltar a fazer coisas espontaneamente. Por isso parece tão fácil apontar culpados para os efeitos do próprio egoísmo.

ATUALIZAÇÕES:
Hoje fiz mudanças no visual do blog. Um novo layout, novos textos e itens.
E aí, está aprovado?


Comentários

MAIS DE ÓTICA COTIDIANA